sábado, 22 de janeiro de 2022

Tacla Duran estima que Moro ganhou mais de R$ 10 milhões como recompensa por ter quebrado empresas brasileiras


Brasil 247 - O advogado Rodrigo Tacla Duran, que denunciou a tentativa de extorsão por parte do advogado Carlos Zucolotto, amigo do casal Sergio e Rosangela Moro, para ser blindado na Lava Jato, estima que o ex-juiz suspeito recebeu mais de R$ 10 milhões da Alvarez & Marsal, consultoria que recebeu R$ 42 milhões de empresas brasileiras quebradas na Lava Jato. A revelação foi feita pelo jornalista Luís Nassif, que falou em ganhos de oito dígitos, ou seja, mais de R$ 10 milhões. Confira e leia reportagem do GGN:



A consultoria Alvarez & Marsal faturou R$ 42 milhões com empresas pilhadas por Sergio Moro na Lava Jato. O advogado Tacla Duran especula que o salário de #Moro (mantido em segredo!) passava dos 8 dígitos.


É destaque na revista Veja deste final de semana: a consultora americana Alvarez & Marsal faturou mais de R$ 42 milhões apenas trabalhando na recuperação judicial de empresas que foram pilhadas pela operação Lava Jato sob a batuta de Sergio Moro.





A Alvarez & Marsal se recusou a informar quanto repassou a Sergio Moro a título de “consultoria” ao longo de 2020 e 2021.

Investigada pelo Tribunal de Contas da União, a empresa informou que o valor faturado sobre as empreiteiras destruídas pela Lava Jato corresponde a 75% de todos os honorários que recebeu no Brasil nos últimos anos.




De acordo com Veja, foram R$ 1 milhão, por mês, da Odebrecht e da Atvos (antiga Odebrecht Agroindustrial); R$ 150 mil da Galvão Engenharia; R$ 115 mil do Estaleiro Enseada (que tem como sócias Odebrecht, OAS e UTC); e R$ 97 mil da OAS.


0 comentários:

Postar um comentário