sábado, 31 de julho de 2021

Mourão é aconselhado por aliado a renunciar, diz jornal

     


 CNN Brasil - O vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB), foi aconselhado por um general da reserva muito próximo a ele a renunciar ao cargo, segundo Caio Junqueira, da CNN Brasil. Para Mourão, ainda não é o momento para deixar o governo, mas o vice avalia a possibilidade.

De acordo com interlocutores, uma eventual renúncia ganhou força desde que Jair Bolsonaro disse que Mourão atrapalha o governo, comparando-o com um cunhado indesejado. Ao saber da declaração do chefe do governo, o vice ficou indignado.



Mourão planeja ter nos próximos dias uma conversa a sós com Bolsonaro para demonstrar seu incômodo.

O vice analisa que sua renúncia poderia abrir caminho para o impeachment, já que a cadeira da presidência passaria, sem a presença de Mourão, para o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), que também é responsável por pautar os pedidos de impeachment.




0 comentários:

Postar um comentário