quarta-feira, 10 de março de 2021

Cúmplice dos crimes de Moro, Globo condena Lula no tribunal da própria Globo


O grupo Globo, que apoiou o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff e a prisão política do ex-presidente Lula, para favorecer interesses das petroleiras internacionais e mudar a política da Petrobrás, transferindo recursos dos brasileiros para os acionistas privados da companhia, decidiu condenar Lula em seu próprio tribunal midiático, em editorial publicado nesta quarta-feira.

"Lula teve (e deve ter) direito aos recursos que a generosa legislação brasileira oferece aos réus. Até pode sair ileso e candidatar-se em 2022. Mas a nódoa do maior esquema de corrupção já desmascarado no país continuará a manchar sua biografia", diz o texto intitulado "Suspeição de Moro não torna Lula inocente".



Ora, se Moro é suspeito e perseguiu Lula, obviamente o processo é nulo. E, ao contrário do defende O Globo, todo cidadão é inocente até prova em contrário. Na julgamento de ontem, o que os ministros deixaram claro foi a cumplicidade da própria Globo com os crimes cometidos pelo ex-juiz.




Fonte: Brasil 247

0 comentários:

Postar um comentário