sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

Prisão da quadrilha chefiada por Moro é uma imposição da democracia, conforme Renan Calheiros

 


Após a defesa de Luiz Inácio Lula da Silva divulgar diálogos envolvendo o ex-juiz Sergio Moro e procuradores da Lava Jato que apontam a parcialidade e o conluio para condenar o ex-presidente, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) usou o Twitter para pedir a “prisão de toda a quadrilha” que montou uma arapuca para fraudar a história brasileira”. Ele também pediu que o Supremo Tribunal Federal anule o processo que resultou na condenação de Lula no âmbito da Lava Jato.



“As novas aberrações da #Lavajato vão além da mera promiscuidade entre @SF_Moro e @deltanmd. O bando, chefiado por Moro,montou uma arapuca para fraudar a história brasileira. Mais do que declarar a parcialidade do Torquemadas, a democracia impõe a prisão de toda quadrilha. #AnulaSTF”, escreveu Calheiros na rede social.

Confira a postagem de Renan Calheiros sobre o assunto.



Fonte: Brasil 247


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário