quinta-feira, 23 de julho de 2020

TCU vai investigar Bolsonaro e seu merchan da cloroquina

Atuação do Exército também está na pauta do tribunal

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai investigar se as declarações de Jair Bolsonaro têm estimulado o uso da cloroquina em estágios iniciais da infecção pelo novo coronavírus, informa a revista Veja.
A representação, feita pelo subprocurador Lucas Rocha Furtado e que terá como relator o ministro Vital do Rêgo, veio logo depois de vídeo divulgado nas redes sociais em que Bolsonaro afirmou ter melhorado após usar cloroquina. “Estou tomando aqui a terceira dose de hidroxicloroquina. Estou me sentindo muito bem. Estava mais ou menos no domingo, mal na segunda-feira… Mas hoje, terça, estou muito melhor do que sábado. Então… Com toda certeza está dando certo”, disse o presidente no vídeo.
Como lembra o subprocurador, o medicamento não tem respaldo científico para tratamento contra Covid-19 e ainda pode agravar quadros de doenças cardíacas.
O TCU ainda investigará se o Exército superfaturou a aquisição de insumos ao atender à demanda de Bolsonaro pelo aumento da produção de cloroquina.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário