sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Placa em homenagem a Marielle desaparece misteriosamente de praça em BH

Prestes a completar um mês com sua nova identidade, a área na região do Floresta que foi nomeada como “Praça Marielle Franco”, no dia 10 de agosto, foi alvo de vandalismo nesta quarta-feira (5). A ação se tornou pública entre muitos belo-horizontinos na tarde dessa quarta (4) e, em menos de 12 horas, a placa que simbolizava a homenagem foi arrancada de forma 
misteriosa.

A praça foi “renomeada” com o nome de Marielle durante o evento “Ocupa Floresta”, realizado com o apoio de vizinhos e da Casa Socialista, uma espécie de centro político-cultural fundado pela Democracia Socialista – uma vertente do Partido dos Trabalhadores (PT), que funciona em frente o local.
Estevão Cruz, sociólogo e membro da casa, foi o último a deixar o local nessa quarta. Ele contou ao BHAZ não ter percebido o sumiço da placa. “Não sabemos se foi uma atitude de alguém descontente e nem se aconteceu na madrugada ou hoje durante o dia. Mas esse tipo de situação nos assusta e chama a nossa atenção para mostrar o ambiente de intolerância que vivemos”, diz.
A pequena área situada na avenida Bernardo Monteiro é marcada pela grande movimentação de lavadores de carro que atuam no quarteirão. Questionado sobre ter notado alguma movimentação diferente, o lavador Everson Eugênio afirma não ter visto nada e diz que é pouco provável que algo tenha ocorrido durante o dia.
“Eu chego cinco horas da manhã e fico até às 20 horas, não só eu como vários que trabalham lavando carros aqui. Por isso não tem como acontecer nada durante o tempo que estamos aqui, porque fica muito movimentado. Se aconteceu, foi de madrugada”, diz Everson ao BHAZ.
Leia mais no BHAZ
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário