GOLPE DURO PARA BURGUESADA: Lula foi capa do maior jornal francês e Papa Francisco se manifestou

A carta de Lula, direto da prisão, foi capa de destaque do mais importante jornal francês, o Le Monde.

Rússia e China: pesadelo dos EUA se torna realidade

A nova política dos EUA em relação à China está levando à aproximação entre Moscou e Pequim, comenta o analista russo Timofei Bordachev.

URGENTE: Lava Jato pode ter fraudado documentos para incriminar Lula; CONFIRA CÓPIAS!

Surgem novos documentos que podem comprovar o que declarou o deputado Sibá em um encontro realizado no último sábado (5).

Lula preso sem provas, Paulo Preto ''com cem milhões" solto. Justiça?

Se alguém do campo progressista ainda tinha dúvidas sobre o posicionamento político do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), foram relembrados nesta sexta-feira, 11.

Engenheiros da Petrobrás dizem que política de preços de combustíveis beneficia grupos estrangeiros

A AEPET reafirma o que foi expresso no Editorial “Política de preços de Temer e Parente é ‘America First!’ “, de dezembro de 2017.

domingo, 9 de julho de 2017

Dupla que saiu para comprar gado está há um mês sumida e família cobra resposta: ‘vivos não estão'

Família diz que a polícia não tem feito buscas e suspeita de uma pessoa dona da fazenda. Os dois homens sumiram no dia 8 de junho após saírem para comprar gados.

Há um mês, os familiares de Fernando de Oliveira e Jean Carlos de Almeida, de 54 e 42 anos, respectivamente, vivem dias angustiantes sem resposta sobre o paradeiro da dupla que sumiu no dia 8 de junho após sair para comprar gado no Ramal do Mutum, zona rural de Rio Branco.
Ao G1, a filha de Almeida diz não acreditar que os dois estejam vivos e acusa a Polícia Civil de não dar atenção ao caso. O G1 tentou um posicionamento da Polícia Civil e do delegado do caso, mas não obeteve retorno até esta publicação.
A motocicleta que os dois estavam foi encontrada dois dias após o sumiço dentro de um igarapé no ramal. A filha de Almeida, Tamires Leão, de 23 anos, acredita que os dois tenham sofrido uma emboscada e que estão enterrados dentro da propriedade onde foram pegar os bois.
“Na quinta-feira [8 de junho], quando ele foi para dentro do Mutum às 15h, ele ligou para a sobrinha da ex-mulher dele às 16h. Ela atendeu e disse que ouviu uma respiração ofegante, de uma pessoa já quase morrendo e muita cansada do telefone. Logo depois, ouviu um barulho e algumas pessoas perguntando para quem ele estava ligando. Em seguida, desligaram o telefone”, relata.
O fato novo foi relatado ao delegado do caso, Fabrizzio Sobreira, segundo Tamires. Porém, ela alega que o delegado diz que não há provas de crime.
“Quando ela ligou [pessoa que vendeu o gado para a dupla] para meu pai, meu avô escutou toda a conversa. A pessoa estava muita interessada que ele fosse lá. E na quinta, dia do crime, ela passou o dia ligando. Com tudo isso, o delegado diz que não tem prova? Que não tem crime? Um mês e um dia que dois seres humanos estão desaparecidos e vivos eles não estão”, desabafa.
Tamires conta que os pais de Almeida, que são idosos, têm apresentado problemas de saúde desde o desparecimento do filho. “Minha avó é muito idosa e está sofrendo muito, não come e nem dorme mais. A gente tem que estar com ela o tempo todo, porque ela se desespera. O meu avô tem 80 anos e chora muito e eu, filha, mais ainda, nossa família está angustiada”, fala.
No dia 12 de junho, a Polícia Civil informou que a dupla tinha passagem na polícia por furto e receptação de gado. A filha conta que pediu várias vezes que o delegado mostrasse o boletim de ocorrência contra Almeida, mas, alega que isso não foi feito.
“Toda vez que vamos na delegacia e que o delegado resolve nos atender, ele fala sobre essa receptação de gado. Pedi para me mostrar o boletim, mas ele não mostra. Se sou filha e existe essa denúncia, eu tenho o direito de saber. E outra, não quero saber de receptação, quero saber, pelo menos, dos ossos do meu pai para a família ter cosnciência que ele morreu e dar um enterro digno”, diz.
A família quer que a polícia faça buscas nas terras da pessoa suspeita. Tamires diz que até máquinas para secar o açude da propriedade a família conseguiu. “A gente pediu a quebra do sigilo telefônico do meu pai, porque no dia, essa pessoa, que a gente tem certeza que ela é culpada, ligou muito para meu pai perguntando se ele ia”, finaliza.

Por que os jovens japoneses estão cada vez menos interessados em sexo

O Japão é conhecido por sua cultura sexual. Seja qual for sua preferência ou fantasia, há alguém para realizá-la no país que inventou o conceito de motel, há quase meio século. Jovens japoneses, no entanto, estão quebrando essa tradição e abrindo mão do sexo.
Uma pesquisa mostra que é cada vez mais comum ser virgem no país entre pessoas de 18 a 34 anos. E a proporção de japoneses solteiros que não têm um relacionamento está em alta. O que há por trás dessa mudança?
Ano Matsui, um comediante de 26 anos, diz não ter se relacionado até hoje com uma mulher por falta de autoconfiança. "Nunca fui popular entre as meninas. Uma vez chamei uma para sair, e ela disse não. Isso me traumatizou", conta.

Matsui afirma que há muitos homens como ele, com "medo das mulheres". "Temos medo de sermos rejeitados. Então, passamos nosso tempo com hobbies, como animação", diz ele. "Eu me odeio por isso, mas não há nada que possa fazer para mudar."

'Prefiro dormir'

Ano Matsui: O comediante Ano, de 26 anos, diz sentir-se intimidado pelas mulheres© BBC O comediante Ano, de 26 anos, diz sentir-se intimidado pelas mulheres
Tal comportamento vem se tornando mais frequente, indica um estudo do governo japonês realizado em 2015 e divulgado no fim do ano passado.
O levantamento do Instituto Nacional de Pesquisa Populacional e Previdência Social aponta que 42% dos homens e 44,2% das mulheres entre 18 e 34 anos são virgens atualmente. É mais do que na pesquisa anterior, de 2010, quando 36,2% dos homens e 38,7% das mulheres desta faixa etária declararam o mesmo.
"Sexo não é algo que desejo ou preciso", diz Anna, uma executiva de 24 anos. "Prefiro dormir ou comer."
Rua no Japão: País é famoso por sua cultura sexual, mas os jovens vêm quebrando essa tradição© BBC País é famoso por sua cultura sexual, mas os jovens vêm quebrando essa tradição
Ela conta que, quando foi para a faculdade, se viu pela primeira vez na vida longe dos pais e de sua rígida educação. "Finalmente, podia ficar até tarde da noite na rua bebendo com amigos. Um namorado ia limitar minha liberdade. Não quero isso."
O estudo mostra que, assim como Anna, quase 70% dos homens solteiros e 60% das mulheres solteiras não estão em um relacionamento.
Os índices só vêm aumentando desde que o estudo começou a ser realizado, há 30 anos. Em 1987, 48,6% dos homens solteiros e 39,5% das mulheres solteiras não estavam em um relacionamento.
"Ter um relacionamento não é fácil", diz a artista plástica Rokudenashiko, de 45 anos. "Um rapaz precisa começar chamando uma moça para sair. Muitos homens não se dão a esse trabalho. Eles veem pornô na internet e se satisfazem sexualmente dessa maneira."
Jovens japonesesas: Pesquisa aponta que cresceu a proporção de virgens entre quem tem entre 18 e 34 anos© BBC Pesquisa aponta que cresceu a proporção de virgens entre quem tem entre 18 e 34 anos

Preocupação

Anna: A executiva Anna, de 24 anos, diz não desejar sexo e que namorar tiraria sua liberdade© BBC A executiva Anna, de 24 anos, diz não desejar sexo e que namorar tiraria sua liberdade
Essa tendência é preocupante, porque o Japão é um dos países com a menor taxa de nascimentos do mundo. E sua população está envelhecendo rapidamente: mais de um quarto dos 127 milhões de habitantes têm mais de 65 anos.
Jovens japoneseses: Estudo também aponta um aumento dos solteiros que não estão em um relacionamento© BBC Estudo também aponta um aumento dos solteiros que não estão em um relacionamento
Isso levou o governo a criar incentivos para que as pessoas se casem e tenham filhos. Uma das metas estabelecidas pelo governo do premiê Shinzo Abe é elevar o índice de fertilidade de 1,4 nascimento por mulher para 1,8 até 2025.
Mas a pesquisa sobre comportamento sexual e relacionamentos traz uma boa notícia nesse sentido ao mostrar que a proporção de solteiros que pensam em se casar no futuro se mantém alta. São 85,57% entre os homens (em comparação com 86,3% no estudo anterior) e 89,3% entre as mulheres (antes, eram 89,4%).
"Eles querem se casar em algum momento, mas tendem a adiar isso", disse ao jornal Japan Times Futoshi Ishii, pesquisador-chefe do estudo"Acabam se casando mais tarde ou ficando solteiros,
contribuindo assim para o baixo índice de nascimentos do país."
Fonte: 

Andressa Urach defende: "A mulher nasceu para servir marido"

Andressa Urach surpreendeu seus seguidores, no dia 8 de maio, ao utilizar o Instagram para comentar novamente sobre o fim de seu casamento. Isso porque a loira pediu à ex de seu -agora ex - marido, Tiago Costa, para que o perdoe. "Juliana, perdoe o Tiago, ele ama você. Me perdoe por acreditar que seria feliz com ele. Por agir na emoção. Tiago ama o Arthur [filho do ex-casal]. Eu e ele não temos a mesma fé. Eu fui imatura, não esperei o tempo de Deus e estou colhendo o que plantei", escreveu. Além disso, pediu perdão por ter sujado o nome da igreja ao expor sua vida sentimental

Ana Maria Braga posa com erva suspeita e vira piada na web

Seja na TV ou nas redes sociais, Ana Maria Braga não dispensa um trocadilho bem humorado. Dessa vez, a apresentadora virou piada ao publicar uma foto suspeita nas redes sociais.
Ela aparece segurando uma folhinha verde muito parecida com a da maconha. “Isso não falta na minha casa. Rs…”, escreveu no Twitter. Mas ela logo explica: a erva, na verdade, é um tempero chamado azedinha. “Ainda dá pra fazer o chazinho“, completa.
O post teve quase 20 000 curtidas e rendeu uma onda de reações. Confira: