sábado, 22 de janeiro de 2022

Lula tem a menor rejeição e Doria a maior, diz nova pesquisa

 


DCM - Segundo nova pesquisa PoderData realizada de 16 a 18 de janeiro, o governador de São Paulo, João Doria, pré-candidato à presidência pelo PSDB, tem a maior taxa de rejeição de votos, 59%. O ex-presidente Lula é o menos rejeitado, com 38%.

A pesquisa, para medir o potencial de votos e rejeição, perguntou aos entrevistados sobre cada um dos pré-candidatos, individualmente, se consideram que ele é o “único em quem votaria”, se “poderia votar nele” ou se não votaria nele “de jeito nenhum”. Os 5 nomes mais bem posicionados nas pesquisas de intenção de voto no 1º turno foram considerados.

As taxas dos pré-candidatos tiveram variações na margem de erro da pesquisa de 2 pontos percentuais em relação ao levantamento anterior, feito em dezembro.






Mais da metade dos eleitores brasileiros afirma que não votaria em Bolsonaro

Bolsonaro está empatado tecnicamente em rejeição com Doria, já que mais da metade dos eleitores brasileiros (56%) afirma que não votaria nele “de jeito nenhum”.

A taxa de rejeição se manteve estável em relação ao levantamento de dezembro de 2021, quando 60% disseram rejeitar o voto no presidente, considerando-se a margem de erro de 2 pontos percentuais.



A pesquisa foi realizada através de ligações. Foram 3.000 entrevistas em 511 municípios, nas 27 unidades da Federação, de 16 a 18 de janeiro de 2022.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais.


Um comentário:

  1. Trabalhador vamos votar em quem nos defende e representa são as esquerdas: Lula vai recolocar o Brasil outra vez no século XXI com prosperidade de honestidade "Lula" presidente e o vice que escolher no 1º turno, vamos eleger muitos governadores, senadores e deputados pra "Lula" governar.

    ResponderExcluir