domingo, 8 de agosto de 2021

“É uma piada”, diz modelo de A Fazenda 6 sobre seu ex-chefe, Ciro Nogueira, virar ministro


Metrópoles   - Vice-campeã de A Fazenda 6, capa da Playboy, Furacão da CPI. Denise Rocha, atualmente, apresenta-se como advogada e modelo fitness. Soma mais de 600 mil seguidores no Instagram.



A fama a alcançou por um caminho, no mínimo, inusitado. Em 2012, Denise trabalhou como assessora parlamentar no gabinete do senador Ciro Nogueira, atual ministro da Casa Civil.

A experiência profissional adquirida no Congresso é suficiente, na visão de Denise, para que possa avaliar a ascensão atual de seu ex-chefe. “É uma piada”, diz a modelo sobre a nomeação de Ciro Nogueira como ministro do governo Bolsonaro.


1


Denise Rocha


Ela lembra da reação que teve ao saber da escolha do parlamentar para o comando da Casa Civil. “Na hora, eu pensei: Não! Agora o mundo tá acabado mesmo! Ciro Nogueira na Casa Civil? Aí não tem para onde correr”, conta Denise, em entrevista ao Metrópoles.

“Estrago danado”

Ao descrever o estilo do ex-chefe, ela explica que não se trata de um político que procura os holofotes. “Ele gosta de atuar nos bastidores. E faz um estrago danado.”


Denise assessorou Ciro Nogueira durante a CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) que investigou crimes cometidos por Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com a participação de políticos.

No decorrer das audiências, um vídeo íntimo, protagonizado por Denise, passou a ser compartilhado entre os políticos que integravam a comissão. Ali, ela começou a ser chamada de Furacão da CPI e acabou demitida pelo senador.


Já na época, Denise classificou a atitude como “desumana” e “machista”. O vídeo não tinha relação com qualquer episódio ou personagem relacionado à CPI.

A Fazenda

A saída rumorosa em agosto de 2012 acabou em convite para um ensaio fotográfico para a capa da revista Playboy de setembro do mesmo ano. Ela aceitou.


Um ano depois, foi chamada para participar da sexta edição do reality show A Fazenda, da Rede Record. Topou e faturou o segundo lugar.

Em 2014, ela cogitou disputar uma vaga na Câmara Legislativa do Distrito Federal, mas acabou desistindo da candidatura.

Denise diz que preferiu manter distância do ambiente da política. “O único laço que tenho com a política se resume às poucas amizades que me restaram em Brasília”, diz a modelo que, pelo visto, não inclui o ex-chefe na lista restrita de amigos.





0 comentários:

Postar um comentário