quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Bolsonaro perde outra e o Distritão morre, na Câmara.

 


A Postagem  - É uma importante vitória para oposição, que forçou o presidente da Câmara e aliado de Bolsonaro, Arthur Lira, a retirar a PEC do Distritão da pauta. O Distritão morreu por acordo, com a aprovação da volta da coligação para cargos proporcionais.




A retirada a pauta marca a vitória da democracia, já que garante o modelo proporcional fortalecendo os partidos e reduzindo o personalismo da Câmara.




Já a aprovação das coligações nas eleições proporcionais é um retrocesso, por dar força à criação de partidos de aluguel e fragmenta ainda mais o sistema partidário brasileira. Porém, precisa ainda ser aprovado no Senado, onde poderá ser derrotado.

0 comentários:

Postar um comentário