quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Após Barroso, Moraes entra na mira de militares


O GloboApós Luis Roberto Barroso, Alexandre de Moraes entrou na mira das Forças Armadas.



Militares aliados de Jair Bolsonaro dizem que ele tem tomado decisões que “tensionam” a crise institucional.

Para eles, Moraes “está perdendo a mão” e não deveria “entrar no ringue” com o presidente, informa a coluna de Bela Megale no Globo.

Eles criticam o magistrado por mandar prender Roberto Jefferson e incluir Bolsonaro como investigado em três inquéritos.

Após a derrota do voto impresso, grupos de militares no WhatsApp têm menos críticas a Barroso e mais a Moraes.



A ligação de Barroso a Braga Netto e o diálogo entre o STF e militares

Durante sessão da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça (17), vazou uma ligação de Barroso a Walter Braga Netto.



“Boa tarde, general. Como vai o senhor? Tudo bem?”, disse o magistrado no trecho que foi ao ar.

Recentemente, ele tem costurado um acordo com as Forças Armadas para dar a um militar um posto na comissão de transparência eleitoral.

0 comentários:

Postar um comentário