quinta-feira, 1 de julho de 2021

Ministério Público Eleitoral diz que Bolsonaro ofendeu honra de Lula e antecipou campanha eleitoral


O Ministério Público Eleitoral (MPE) manifestou-se pela parcial procedência de uma representação contra Jair Bolsonaro por propaganda eleitoral antecipada.

Em discurso durante visita ao Maranhão no dia 21 de maio, o ocupante do Palácio do Planalto atacou adversários nas eleições de 2022.


O MPE sugere a condenação de Bolsonaro à sanção de multa. 

Na ocasião, Bolsonaro disse que para o ano que vem já havia uma chapa formada: "O ladrão candidato a presidente e um vagabundo como vice". 

De acordo com o entendimento do MPE, Bolsonaro ofendeu a honra de Lula, seu principal opositor na disputa eleitoral do próximo ano, informa a jornalista Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.



0 comentários:

Postar um comentário