quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Ministros do STF, favoráveis à Lava Jato, já se articulam para evitar anulações nos casos da ´´força-tarefa`` de Curitiba

 


Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) têm mostrado preocupação com os reflexos que a decisão sobre a suspeição de Sergio Moro no caso de Lula pode trazer para a imagem da corte. O maior receio é que o resultado da ação do triplex gere anulações em cadeia dos casos da Lava-Jato, o que, para parte dos magistrados, colocaria a sociedade contra o Supremo.



Diante disso, esse grupo passou a debater e articular uma estratégia de reação. O objetivo é evitar que as anulações de casos da operação tenham um efeito em série.

Esses avaliam que é “impossível” que Moro seja declarado suspeito só no caso de Lula e que muitos processos terão grandes chances de serem anulados. Para o grupo de magistrados que defende a Lava-Jato na corte, o principal risco é que essa decisão tenha reflexo em condenações com provas, delações, confissões e devolução de dinheiro.



– Se o STF anular a Lava-Jato, o tribunal nunca mais será respeitado – disse um ministro à coluna.




Fonte: O Globo


0 comentários:

Postar um comentário