sábado, 30 de janeiro de 2021

VÍDEO: Bolsonaro diz que não é atribuição do governo levar oxigênio ao Amazonas

 


Assista ao vídeo abaixo. A partir do segundo 45, Bolsonaro mente e diz que enviou R$ 9 bilhões pro Amazonas (leia abaixo do vídeo) e que não é atribuição dele e de seu governo levar oxigênio pra lá. Ele se gaba de que o Ministério da Saúde demorou "apenas" 5 dias para entregar oxigênios após a crise.





Do Uol:

É enganosa a postagem de um vereador de Fortaleza que destaca valores de repasses federais ao Amazonas como prova de que o governo federal não teria relação com os graves problemas de saúde pública no estado. Os números que aparecem nos posts são reais, mas se referem à verba geral enviada pela União ao estado em 2020. Os recursos, portanto, não eram exclusivos para o combate à crise sanitária. Além disso, parte do dinheiro é de transferências obrigatórias, aquelas cuja Constituição Federal estabelece que devem ser feitas pela União.

Dos R$ 8,9 bilhões enviados pelo Governo Federal em 2020, conforme a Secretaria da Fazenda do Amazonas, R$ 219,4 milhões foram transferências vinculadas ao SUS, especificamente para combate à pandemia. O estado também recebeu outros R$ 267,5 milhões de verbas vinculadas à saúde para enfrentamento à covid-19, só que de recursos previstos na Lei Complementar nº 173/2020, que garante apoio financeiro a estados e municípios na crise sanitária. O total de receitas para uso exclusivo contra a covid no ano passado foi, portanto, R$ 487 milhões no estado.


Fonte: Plantão Brasil

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário