domingo, 12 de abril de 2020

Prefeito de Manaus, do PSDB: ‘Bolsonaro é, hoje, o principal aliado do vírus’

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), responsabilizou Jair Bolsonaro pelo avanço do coronavírus na capital do Amazonas. “O presidente Bolsonaro é, hoje, o principal aliado do vírus”, afirmou. Segundo o prefeito, a adesão ao isolamento social na cidade chegou a superar 70% da população, mas caiu para cerca de 50% "depois que o presidente começou a sair sucessivamente às ruas, numa campanha contra o isolamento".


"Estamos numa situação de guerra. É uma guerra atípica. O adversário não é visto. Mas é muito forte e atua com vigor. Às vezes me dá até a impressão de que o Bolsonaro já deve ter tido, levemente, a doença. Está imunizado. E pode andar por onde quiser. Ele se esquece de que as pessoas que ele cumprimenta não estão imunizadas”, afirmou.

O prefeito ainda falou sobre a situação de Bolsonaro na presidência da República. "Se vem uma recessão, seguida de uma depressão econômica, será que haverá condições políticas e congressuais para Bolsonaro permanecer? Ele provoca todo mundo, não conta com a solidariedade de partido nenhum. Consegue brigar até com os amigos”, disse.


A cidade de Manaus tem enfrentado o coronavírus em condições muito precárias. O Estado do Amazonas é 4º mais afetado da federação brasileira, com mais de mil casos, ficando atrás somente do Ceará, do Rio de Janeiro e de São Paulo. Virgílio informa que o sistema de saúde pública colapsou em Manaus e os hospitais privados também têm enfrentado dificuldades. Por isso, sugeriu ao governador Wilson Miranda (PSC) que force o isolamento social através das autoridades policiais.


Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário