segunda-feira, 13 de abril de 2020

Mandetta no castigo-pela segunda vez, fica fora de coletiva

Após entrevista ao Fantástico, Mandetta fica fora de coletiva pela segunda vez



Pela segunda vez, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, não participou da coletiva de imprensa que atualiza os dados da pandemia do coronavírus. A participação do ministro já havia sido cancelada na última quinta-feira, 9. A coletiva com informes técnicos do Ministério da Saúde teve apenas a participação dos secretários de Mandetta, do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humano, a pastora Damares Alves.

O secretário do ministério João Gabbardo dos Reis disse aos jornalistas que o ministro estava “em outro compromisso”. Porém, o desfalque de Mandetta nesta segunda-feira, 13, ocorre um dia após entrevista concedida ao fantástico, em que o ministro critica as ações e a política de Jair Bolsonaro contra o isolamento social. O médico também defendeu “fala unificada” sobre o problema da pandemia.

“Quando você vê as pessoas entrando em padaria, em supermercado, grudadas, isso é claramente uma coisa equivocada. Eu espero uma fala única, uma fala unificada. Porque isso leva para o brasileiro uma dubiedade. Ele não sabe se escuta o ministro, o presidente, quem ele escuta”, disse.

A ala militar do governo criticou o ministro pela atitude. Para os militares, Mandetta agiu com “covardia” e “molecagem” ao criticar publicamente o presidente, considerando a entrevista como uma tentativa de “forçar a sua demissão”.
Assista o vídeo:


Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário