domingo, 1 de março de 2020

Bolsonaro tirou do Bolsa Familia pra gastar em armas de guerra

Segundo a Folha de S. Paulo, o governo Jair Bolsonaro evitou elevar a verba para a expansão dos beneficiários do Bolsa Família, o que criou uma fila de cerca de 1 milhão de candidatos aos benefícios do programa.
O valor adicional para atender a essas demandas teria sido de R$ 1,4 bilhão, em um programa que contou com R$ 32,5 bilhões em 2019. Haveria margem para a elevação das verbas, dado que os gastos federais terminaram o ano abaixo do teto inscrito na Constituição.
Mesmo com despesas abaixo do limite, o Tesouro Nacional ainda tem déficit primário, ou seja, arrecadação insuficiente para seus compromissos cotidianos e os investimentos.

O governo Bolsonaro, no entanto, injetou R$ 10,1 bilhões em estatais, dos quais R$ 7,6 bilhões engordaram uma empresa ligada à Marinha —os recursos foram destinados à construção de navios de guerra.
Blog da Cidadania com Folha
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário