segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Trump retira privilégios comercias do Brasil e de mais 20 países

Bolsonaro teria aceitado perder o status de país "em desenvolvimento", mas não sabia que isso poderia trazer novas barreiras comerciais



Com objetivo de afetar economicamente a China, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tomou uma decisão nesta segunda-feira (10) que afeta os interesses econômicos do Brasil. Apesar de ser visto pelo governo Bolsonaro como um grande aliado, essa não é a primeira vez que o estadunidense toma decisões que afetam o país sem se preocupar com os impactos.
Segundo o colunista Jamil Chade, do Uol, o Brasil e cerca de 20 outros países foram retirados da lista de “países em desenvolvimento”, permitindo que Trump aplique novas barreiras comerciais.
Bolsonaro teria concordado com a medida de Trump durante encontro realizado no ano passado, mas não sabia que a decisão poderia aumentar a taxação a produtos brasileiros. Em troca, os EUA apoiariam a entrada do Brasil na OCDE.
“O G20 é um fórum de cooperação econômica internacional, que reúne grandes economias e representantes de grandes instituições internacionais, tais como o Banco Mundial e o Fundo Monetário Internacional”, diz a nota da Casa Branca. “A adesão ao G20 indica que um país é desenvolvido”, completou.
Os “benefícios” que esses países tinham tem a ver com as metas de combate à pobreza.


Fonte: Revista Fórum
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário