sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Apresentador da Band é demitido após chamar repórter da Folha de “vagabunda”

Além de apresentador, ele também é vereador em Belém e foi expulso do Podemos



Vereador da cidade de Belém e apresentador do programa policial Metendo Bronca, da RBATV, afiliada da Band no Pará, Joaquim Campos foi demitido da emissora nesta quinta(20) depois de se unir ao coro de detratores e ofender a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de São Paulo.
Em um discurso na Câmara de Vereadores de Belém na última quarta (19), Joaquim Campos repetiu a notícia falsa de que Patrícia queria sexo para conseguir informações contra o presidente Jair Bolsonaro sobre disparo de mensagens de Whatsapp e fake news nas eleições de 2018.
Joaquim pediu a palavra durante o discurso de outro vereador e fez insinuações sexuais contra Patrícia, chamando a jornalista de “vagabunda”, reafirmando seus pensamentos em rede social: “Não concordo que trocar informações por sexo seja jornalismo”, disse o vereador. A fala rapidamente foi criticada pelos seus colegas e viralizou.


O governador do Pará, Hélder Barbalho, pediu sua demissão da emissora o quanto antes na noite desta última quarta. A família Barbalho é dona da RBATV/Band, a melhor emissora da rede em faturamento e audiência.



RBATV soltou um comunicado afirmando que discorda das opiniões de Joaquim Campos e que ele será demitido do programa Metendo Bronca.
O Podemos, partido de Joaquim Campos, também afirmou , em nota enviada para o conselho de ética do partido, um ofício pedindo a investigação do apresentador por quebra de decoro parlamentar.
Comunicado da emissora


Fonte Revista


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário