sábado, 23 de novembro de 2019

Julgamento da suspeição de Moro deve ficar para 2020

O caso não deve ser devolvido pelo ministro Gilmar Mendes nas sessões que ainda restam em 2019, segundo informa a jornalista Mônica Bergamo



"O julgamento da suspeição de Sergio Moro no julgamento de Lula no caso do tríplex pode ser pautado só em 2020. O ministro Gilmar Mendes já tinha declarado que pretendia levá-lo para análise em novembro. Mas só uma sessão será realizada na 2ª Turma na próxima semana. E nela os ministros devem seguir julgamento já iniciado de denúncia contra Renan Calheiros (PDM-AL)", informa a jornalista Mônica Bergamo, em sua coluna, publicada na Folha de S. Paulo.

"O caso poderia ser pautado para dezembro. O martelo ainda não está batido. Mas magistrados do STF acham que a hipótese é improvável", diz ela.

Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário