quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Espanha pede oito anos de prisão para militar da comitiva de Bolsonaro que transportou cocaína

Justiça espanhola calcula em 6.550.179 reais os 37 quilos da droga encontrada na bagagem do sargento Manoel Silva Rodrigues



A justiça espanhola quantificou definitivamente o valor da cocaína apreendida em 25 de junho no aeroporto de Sevilha com o sargento Manoel Silva Rodrigues, membro da tripulação de uma das aeronaves da delegação com a qual o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, viajava naqueles dias para uma reunião de cúpula em Osaka (Japão). Os 37 quilos da droga que a Guarda Civil encontrou em sua bagagem durante uma busca foram avaliados exatamente em 1.419.262,22euros (6.550.179,03 reais), conforme especificado na declaração da Procuradoria à qual EL PAÍS teve acesso.



Leia mais no Elpaís
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário