quarta-feira, 25 de setembro de 2019

CPMI das Fake News hoje será massacre contra Bolsonaro

Hoje a CPMI das Fake News vai votar 86 requerimentos. A maioria são convocações e convites para depoimentos. A diferença é que no caso de convocação, a pessoa é obrigada a ir. No caso de convite, não. Leia a matéria da VEJA:

O governo definiu sua atuação na CPI mista das Fake News. Vai jogar na defesa o tempo inteiro e ver o que aprendeu com o PT em obstrução e outros instrumentos de não fazer uma comissão andar.



Dos 97 requerimentos de convite e convocações apresentados até agora, 92 têm como autores parlamentares da oposição.

Não tem um pedido sequer protocolado por parlamentar do PSL, que trata a comissão como “CPI da Censura”, tudo para blindar a campanha de Jair Bolsonaro.




(...)

Já a Época noticia que várias pessoas ligadas a Carlos Bolsonaro serão convocadas:

O deputado Rui Falcão, do PT de São Paulo, apresentou um requerimento à CPMI das Fake News para ouvir alguns dos principais apoiadores ideológicos do governo.

O deputado também quer convocar os assessores Tercio Arnaud Tomaz, José Matheus Salles Gomes e Mateus Matos Diniz, que ficam alocados no Palácio do Planalto e são ligados a Carlos Bolsonaro.



Falcão também pede a convocação do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos.

No requerimento, o deputado diz que "Allan dos Santos é um dos fundadores do blog ’Terça Livre’, um dos mais conhecidos propagadores de fake news na internet".



Fonte: Revista Época

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário