sexta-feira, 12 de julho de 2019

Vaza Jato: Site porta-voz do Moro diz que “hacker” vai ser preso nas próximas horas

Texto divulgado por revista do mesmo grupo e compartilhado pelo site de extrema-direita compara o caso Vaza Jato ao Wikileaks, que também contou com a divulgação de reportagens de Glenn Greenwald, fundador do Intercept


O site de extrema-direita O Antagonista, que funciona como porta-voz do ex-juiz e atual ministro da Justiça Sergio Moro, anunciou na manhã desta sexta-feira (12) que o responsável pelos vazamentos das conversas entre o ex-magistrado e procuradores da Lava Jato será preso nas próximas horas.


“O hacker que roubou as mensagens de Deltan Dallagnol vai ser preso”, anunciou o site, compartilhando texto da revista Crusoé, que pertence ao mesmo grupo de comunicação.
O texto compara o caso Vaza Jato ao Wikileaks, que também contou com a divulgação de Glenn Greenwald, fundador do Intercept.


“Desde que supostas conversas entre os procuradores da Lava Jato e o ex-juiz Sergio Moro começaram a ser publicadas no site The Intercept e em veículos parceiros do site, comparações com os hackers Julian Assange, Edward Snowden e Chelsea Manning foram ventiladas para tentar legitimar ou dignificar os atos criminosos cometidos no Brasil. A ideia subjacente é a de que, ao roubar mensagens privadas e publicá-las, os envolvidos na ação brasileira estariam seguindo a trilha dos que revelaram dados secretos do governo americano em nome da transparência e do combate ao abuso de autoridade. Se este é o caso, então o destino dos hackers estrangeiros deveria servir de aviso”, diz o recorte da revista.

Ainda segundo o texto, “após desafiar o sistema de Justiça dos Estados Unidos e da Inglaterra, Assange, Chelsea e Snowden levaram a pior. Os dois primeiros estão presos. Snowden só não teve a mesma sorte porque se exilou na Rússia”.


“É um aviso”, finaliza o site porta-voz de Moro.

Fonte: Revista Fórum
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário