segunda-feira, 1 de julho de 2019

Dallagnol se recusa a entregar celular para perícia da PF: “todos sabemos porque”, diz Greenwald

Inquérito foi aberto há cerca de um mês, mas Deltan Dallagnol tem dito a pessoas próximas que não vai entregar o celular para que suposta invasão hacker seja apurada


Principal protagonista dos diálogos da Vaza Jato, o procurador Deltan Dallagnol, chefe da operação Lava Jato no Ministério Pública Federal, se recusa a entregar seu telefone celular para perícia da Polícia Federal.


O inquérito para apurar uma suposta ação hackers nos telefones dos procuradores foi aberto há um mês, mas, segundo a coluna de Guilherme Amado, na revista Época, Dallagnol ainda não entregou o aparelho e tem dito a pessoas próximas que não atenderá a ordem da Polícia Federal.
Fundador do site The Intercept, que está divulgando o conteúdo das mensagens – que teria sido fornecido por fonte anônima, o jornalista Glenn Greenwald comentou a recusa de Dallagnol no Twitter: “Nós todos sabemos porque”.



421 people are talking about this
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário