quinta-feira, 7 de março de 2019

Wikileaks revela que EUA querem interferir no judiciário brasileiro

Documento divulgado pelo site Nocaute, o INL – International Narcotics and Law Enforcement –, revela que os Estados Unidos querem implementar leis antidrogas, interferir nos burocratas e gestores brasileiros e desenvolver leis anticorrupção; o documento revela também que os EUA pretendem fomentar uma reforma do setor judiciário em uma clara intromissão nos assuntos internos do Brasil.
No vídeo abaixo, o professor da Universidade Federal do ABC (UFABC) Sérgio Amadeu, formado em sociologia e especialista em segurança digital, comenta o vazamento da "Lista de Compras da Embaixada dos EUA". Ele destaca que políticas que "deram errado" nos Estados Unidos agora são o foco para que o país implemente em outros territórios, como a das drogas.
Sob o governo Bolsonaro, cuja política externa é simplesmente idolatrar e seguir as orientações de Donald Trump, o Brasil passa a ser o território adequado para que a influência dos EUA se intensifique. Amadeu lembra, no vídeo, que comportamentos ideológicos do presidente e de outros integrantes do governo prejudicaram por exemplo parcerias comerciais estratégicas, como a da China no caso da soja.

Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário