sexta-feira, 8 de março de 2019

Jovem é estuprada pelo cunhado, namorado flagra e em vez de impedir cunhado, ateia fogo no corpo da jovem

Com a manchete "jovem tem 80% do corpo queimado ao ser flagrada na cama com cunhado", um telejornal policialesco da Record noticiou nesta quinta-feira (7), o feminicídio de uma jovem de 19 anos que teve 80% do corpo queimado e com suspeita de que ela tenha sido abusada.

A forma como a emissora noticiou o caso causou provocou críticas nas redes sociais por passar a impressão de que a vítima era culpada.

O caso aconteceu durante um churrasco de Carnaval em Franco da Rocha, na Grande São Paulo. Embriagada, Isabela Miranda de Oliveira procurou um dos quartos da casa para descansar. De acordo com testemunhas, ela estava desacordada e foi estuprada pelo cunhado. Ao flagrar a cena, namorado Willian Felipe Alves espancou a vítima e ainda ateou fogo nela. Isabela não resistiu aos ferimentos.



A Polícia Civil de Franco da Rocha investiga o assassinato de Isabela. A prisão temporária de Willian foi convertida em preventiva nesta quinta-feira (7).

Em depoimento, Willian alega ter espancado a namorada porque imaginou que ela o estivesse traindo com Leonardo. Testemunhas confrontam a versão do rapaz, já que Isabela estava tão mal que sequer conseguia se sustentar em pé.


Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário