domingo, 24 de março de 2019

Bolsonaro agradece ao acolhimento do povo venezuelano, mas está no Chile

O presidente Jair Bolsonaro fala tanto em Venezuela que cometeu uma gafe neste sábado 23 durante um discurso no Chile. "Nossos irmãos venezuelanos merecem nossa preocupação e merecem ser lembrados em todo momento", disse, ao agradecer pela recepção que teve no país, durante um almoço com cerca de 120 pessoas neste sábado no Palácio de la Moneda.
Ele afirmou, ainda, que "nossos países não podem se deixar seduzir pela esquerda. A responsabilidade acima de tudo é de nossos países". "A América Latina deve agradecer a Deus e à vontade de muitos homens e mulheres que lutaram contra o socialismo", acrescentou, assegurando que todos os países "em conjunto estamos trabalhando para que o regime venezuelano deixe de existir".



Os dois presidentes assinaram uma declaração conjunta em que apelam por uma solução para a crise non país vizinho e, contrariando uma declaração recente feita pelo deputado Eduardo Bolsonaro, que defendeu o "uso da força" contra Nicolás Maduro, defendem uma solução pacífica para tirar o presidente venezuelano do poder. 



Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário