GOLPE DURO PARA BURGUESADA: Lula foi capa do maior jornal francês e Papa Francisco se manifestou

A carta de Lula, direto da prisão, foi capa de destaque do mais importante jornal francês, o Le Monde.

Rússia e China: pesadelo dos EUA se torna realidade

A nova política dos EUA em relação à China está levando à aproximação entre Moscou e Pequim, comenta o analista russo Timofei Bordachev.

URGENTE: Lava Jato pode ter fraudado documentos para incriminar Lula; CONFIRA CÓPIAS!

Surgem novos documentos que podem comprovar o que declarou o deputado Sibá em um encontro realizado no último sábado (5).

Lula preso sem provas, Paulo Preto ''com cem milhões" solto. Justiça?

Se alguém do campo progressista ainda tinha dúvidas sobre o posicionamento político do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), foram relembrados nesta sexta-feira, 11.

Engenheiros da Petrobrás dizem que política de preços de combustíveis beneficia grupos estrangeiros

A AEPET reafirma o que foi expresso no Editorial “Política de preços de Temer e Parente é ‘America First!’ “, de dezembro de 2017.

Mostrando postagens com marcador Entretenimento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Entretenimento. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

'Demitida AO VIVO': Bonner dá 'aviso prévio' a Regina Duarte durante o JN e internet delira

A atriz Regina Duarte, que afirmou estar “noivando” com o governo federal após receber um convite do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para assumir a Cultura, recebeu um aviso prévio, ao vivo, em pleno Jornal Nacional. Na edição dessa segunda-feira (20), o apresentador Willian Bonner afirmou que, caso a artista assuma a secretaria de Cultura, precisará deixar a Globo.


“A Globo divulgou a seguinte nota sobre o assunto: ‘a atriz Regina Duarte tem contrato vigente com a Globo e sabe que, se optar por assumir cargo público, deve pedir a suspensão de seu vínculo com a empresa, como impõe a nossa política interna, de conhecimento de todos os nossos colaboradores'”, afirmou o jornalista.

TV Globo: Bonner leu a seguinte.
Regina Duarte deve pedir suspensão de vínculo se assumir cargo público.


127 pessoas estão falando sobre isso

O posicionamento da principal emissora do país ocorreu pouco após Bolsonaro publicar, pela conta oficial do Twitter, que se reuniu com Regina Duarte e os dois tiveram “uma excelente conversa sobre o futuro da cultura no Brasil. Iniciamos um ‘noivado’ que possivelmente trará frutos ao país”, afirmou.

- Tivemos uma excelente conversa sobre o futuro da cultura no Brasil. Iniciamos um “noivado” que possivelmente trará frutos ao país.
Ver imagem no Twitter


8.335 pessoas estão falando sobre isso

Mãe de três filhos e avó de seis netos, Regina Duarte nasceu no dia 5 de fevereiro de 1947 e trabalha como atriz há 54 anos.


Leia mais no BHAZ

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Gretchen a Carlos Bolsonaro: Não assume sexualidade por causa do pai

Gretchen responde á perseguição que Carlos Bolsonaro fez a seu filho trans Thammy Miranda. O vereador Carlos Bolsonaro postou foto de nascimento do filho de Thammy Miranda, da esposa de Thamy Miranda e também fotos do filho do casal, sem nenhuma legenda. O ato deixou  Gretchen irritada e agora ela disparou no twitter: realmente sinto pena de vc. Um homem que não pode assumir sua sexualidade por causa do pai.

Gretchen resolveu responder por meio do twitter, postagens de Carlos Bolsonaro  com fotos de Thamy Miranda, sua esposa e o neto de Gretchen. Ela resolveu falar que Carlos Bolsonaro não pode assumir a “sexualidade” por causa do pai, Jair Bolsonaro.


“Agora entendi. E realmente sinto pena de vc. Um homem que não pode assumir sua sexualidade por causa do pai. Qdo quiser um apoio,nossa família está a sua disposição viu?”.


Carlos Bolsonaro tem postados fotos do filho de Gretchen Thammy Miranda e sua família sem comentar nada nas fotos.

Agora entendi. E realmente sinto pena de vc. Um homem que não pode assumir sua sexualidade por causa do pai. Qdo quiser um apoio,nossa família está a sua disposição viu?
15.8K people are talking about this

domingo, 19 de janeiro de 2020

🎥Jornal Nacional dedica cinco minutos aos erros de português de Weintraub e ao nazismo do governo Bolsonaro

O telejornal fez uma cobertura bastante ácida dos erros do Enem neste ano, mostrou os erros de português do perfil do ministério, e ainda fez longa matéria do que chamou de "ideias nazistas" do ex-secretario da Cultura, Roberto Alvim


Da revista Fórum – O Jornal Nacional, da Globo, saiu do silêncio na noite deste sábado (18) e deu mais de 5 minutos a dois temas espinhosos para o governo Bolsonaro.




Fez uma cobertura bastante ácida dos erros do Enem neste ano, mostrando que o ministro Weintraub havia dito ainda ontem que esta edição havia sido a melhor da história, mas que hoje começaram a aparecer vários erros de avaliação, que prejudicavam a nota de uma grande quantidade de estudantes.
Além disso, o JN ainda mostrou os erros de português do perfil do ministério que escreveu “paralização”, assim mesmo, com z. E também destacou os erros de português do próprio ministro, que recentemente escreveu “imprecionante”, assim mesmo, com c.
O jornal ainda fez longa matéria do que chamou de “ideias nazistas” do ex-secretário da Cultura, Roberto Alvim. Também deu crédito ao Jornalistas Livres pela matéria e à advogada Manuela Lourenção que postou a informação em primeira mão no seu perfil do Twitter.
O Jornal Nacional de hoje mudou de postura. Talvez por ser sábado, seu dia se menor audiência. Mas já é algo para ser anotado.

229 pessoas estão falando sobre isso


Fonte: Brasil 247

Em crise, Globo perde audiência e publicidade e lança dívida de US$ 500 milhões no exterior

Do BR2pontos – A Globo Comunicação e Participações concluiu a emissão de US$ 500 milhões em títulos de dívida no mercado internacional. Os papéis têm prazo de 10 anos (2030) e retorno de 4,875% – o mesmo rendimento das notas na recompra. A operação foi coordenada por Goldman Sachs, Itaú BBA e Santander. A informação é do site Poder 360º.



A Globo ofereceu US$ 1.053,75 para cada US$ 1.000 em 2022 em uma oferta pública que expirou na 5ª feira (16.jan.2020).

A S&P Global atribuiu aos títulos rating BB+ com perspectiva positiva, destacando que a Globo é a maior empresa de mídia do Brasil, com fluxo de caixa sólido e uma posição de caixa líquido historicamente positiva.


Ao jornal Valor Econômico –que pertence ao conglomerado de mídia controlado pela Globo– o diretor de Finanças, Infraestrutura e Jurídico da empresa, Manuel Belmar, disse que a Globo iniciou as conversas com investidores na última 6ª feira (10.jan), com o objetivo de captar US$ 300 milhões.



Os recursos captados com a emissão dos novos títulos serão utilizados para cobrir dívida de US$ 300 milhões contraída pela empresa em 2012. Esses papéis têm vencimento para abril de 2022.

Em novembro de 2019, a agência de classificação de risco Fitch rebaixou a nota da empresa dizendo que havia “reduzido compromisso [do Grupo Globo] de manter ‘cash’ no exterior”. A medida teve relação com os resultados apresentados no 3º trimestre, quando a Globo perdeu audiência (37% de “share” ante 39% no mesmo período de 2018). Receitas com publicidade, responsáveis por 61% do faturamento, caíram 12% nos primeiros 9 meses do ano passado.



Já a Standard & Poor’s mantém uma avaliação positiva por causa do impacto geral positivo do Brasil no mercado global de captação.



Fonte: Brasil 247

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

O choro é livre: PSDB não se conforma com indicação de Democracia em Vertigem ao Oscar

Apoiadores do golpe contra Dilma Rousseff, que aconteceu em 2016, já demonstram revolta com o fato de "Democracia em Vertigem" ter sido indicado nesta segunda-feira (13) oficialmente ao Oscar 2020 no quesito "melhor documentário". O filme sobre a ruptura institucional é dirigido por Petra Costa e distribuído pela Netflix.


"Parabéns à diretora Petra Costa pela indicação de melhor ficção e fantasia por Democracia em Vertigem", postou o PSDB no Twitter.

O Movimento Brasil Livre também criticou a indicação. "O MBL fez seu próprio filme sobre o impeachment de Dilma, prestigiando você que foi às ruas para construir um Brasil melhor, e não quem estava roubando a nação nos Palácios em Brasília. Assista agora ’Não Vai ter Golpe’ no iTunes, Youtube, Google Play, NET Now e Looke".



"Democracia em Vertigem: Oscar de efeitos especiais para o maior assalto da história", afirmou um internauta.

O secretário Especial de Cultura do governo Federal, Roberto Alvim, ironizou a indicação. "Se fosse na categoria ficção, estaria correta a indicação", afirmou Alvim à coluna de Mônica Bergamo nesta segunda (13).



Fonte: Brasil 247

domingo, 12 de janeiro de 2020

🎥Bolsonaro publica vídeo em que ministro da Educação diz que concursos públicos selecionam pessoas de esquerda

Em produção de um minuto, Weintraub não apresenta evidências de suas afirmações



O presidente Jair Bolsonaro publicou em suas redes sociais um vídeo em que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirma que os concursos públicos no Brasil selecionam pessoas com viés político de esquerda.


"Entre na internet e veja como foi o último concurso público da Abin (Agência Brasileira de Inteligência). Se você ver, é um concurso que [não] tem praticamente nada de matemática e está lá falando governo estadounidense. Então você, na seleção, já seleciona pessoas com viés de esquerda nos concursos, como é o Enem", diz Weintraub.
O vídeo foi publicado na conta oficial de Bolsonaro no Facebook. Na postagem, o presidente escreveu "doutrinação e mentiras até nos concursos". "Caso fosse perguntado numa prova: após a saída de João Goulart, em 1964, quem assumiu a presidência da república? Qual sua resposta?", acrescentou o mandatário, referindo-se ao presidente da República deposto pelo golpe militar daquele ano.





Veja o vídeo aqui
No vídeo, o ministro da Educação também diz que a suposta doutrinação nos concursos públicos remonta ao governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). Ele não apresenta no vídeo, que tem um minuto, provas que endossem suas afirmações.


"Veja, isso começou com o Fernando Henrique. A gente não está falando de 16 anos de PT, a gente está falando mais de um quarto de século. De continuamente uma doutrinação que começa de uma forma suave e gradualmente você vai começando a achar o errado normal. E de repente você tem que achar o errado bonito. É disso que a gente está falando", afirma Weintraub.
Na peça, o ministro também classifica o ministério da Educação como "um colosso" e diz que a pasta concentra 300 mil dos 600 mil funcionários do governo federal. "Esse corpo aqui está cheio de pessoas que prestaram concurso público. É importante que seja dito como são esses concursos públicos", afirma.

Fonte: Folha

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Netflix só havia sido censurada na Arábia Saudita, também por motivo religioso

Do JOTA:

A Netflix ajuizou uma reclamação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão liminar que ordenou a retirada da plataforma do “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo”. A censura foi determinada ontem pelo desembargador Benedicto Abicair, relator do agravo de instrumento na Sexta Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O processo foi movido pela Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura.




A reclamação, que recebeu o número 38782, foi ajuizada hoje pelo advogado Gustavo Binenbojm, da Binenbojm & Carvalho Britto, que atua em vários casos importantes de liberdade de expressão no STF. O relator do caso é o ministro Gilmar Mendes, mas o presidente do STF, Dias Toffoli, que está de plantão, deve tomar uma decisão em breve.

O advogado destaca três premissas que foram estabelecidas em julgamentos na mais alta corte do país: (i) a posição preferencial da liberdade de expressão em eventuais conflitos com direitos fundamentais com ela colidente; (ii) a vedação de qualquer forma de censura – inclusive judicial – de natureza política, ideológica e artística, nos termos do art. 220 §2º, da CRFB; e (iii) a impossibilidade de o Estado fixar quaisquer condicionamentos e restrições relacionados ao exercício da liberdade de expressão que não aqueles previstos expressamente na própria Constituição Federal, nos termos do art. 5º, incisos IX e do art. 220, caput, CRFB.



Até hoje a Netflix só havia sido censurada na Arábia Saudita, também por motivo religioso. Na reclamação, a empresa argumenta que “não é dado ao Estado proteger maiorias sempre que manifestações artísticas as incomodem– ainda mais se o direito contraposto é fundamentado em crenças religiosas, considerando o modelo de Estado laico adotado no Brasil desde a Proclamação da República. Trata-se de medida que viola o cerne do regime democrático brasileiro”.

O recurso diz também que se impôs “um controle sobre conteúdos artísticos que, a pretexto de conferir prevalência às liberdades religiosas, importou em verdadeira retirada de conteúdo audiovisual disponibilizada a público específico”. Na ação, a defesa da Netflix afirma que “isso constitui patente censura prévia emanada do Poder Judiciário a veículo de comunicação social que dissemina, na obra objeto da ação civil pública, conteúdo artístico – expressamente vedado pela Constituição, nos termos do art. 220, §2º”.


(...)

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Bolsonaro “está destruindo” o cinema nacional, diz Fernando Meirelles

Do UOL:


Fernando Meirelles foi um dos convidados da tradicional mesa redonda da revista The Hollywood Reporter com diretores de filmes cotados ao Oscar. O brasileiro foi perguntado sobre o “ambiente político reacionário” no Brasil sob a gestão do presidente Jair Bolsonaro.
“Para o cinema brasileiro, é um momento duro. Ele [Bolsonaro] está destruindo tudo o que construímos”, lamentou o cineasta. Meirelles frisou que, nas últimas décadas, o país passou por um boom de produção cinematográfica.
“Nos anos 1990, antes de filmarmos Cidade de Deus, estávamos fazendo nove filmes por ano; no ano passado, foram 150”, citou. “Agora, Bolsonaro está bloqueando tudo. Tem sido difícil”.


O diretor, que já assinou diversos filmes em Hollywood, ainda disse que jamais dexiaria o Brasil para se mudar para os EUA.
“Eu tenho raízes muito profundas no meu país, e eu amo dirigir em português. Eu entendo inglês, mas não sinto, sabe? Se você diz ‘mango tree’ em inglês, para mim é só uma árvore. Em português, ‘mangueira’ tem outros significados afetivos para mim”, comentou.
(…)

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

🎥Em novo vídeo, Porta dos Fundos ironiza ataques sobre especial de Natal: “prioridade, o que tá pegando no mundo é piada”

"Eu nada posso contra comediantes. Por isso preciso de padres e pastores pra me defenderem na Terra", diz Jesus, interpretado por Gregório Duvivier, a um padre. "Ficaram insinuando que eu levei um garoto pra casa que eu conheci no deserto. Só que poderia ser meu primo", justifica

Revista Fórum - Em novo vídeo divulgado nesta sexta-feira (20), o coletivo de humoristas Porta dos Fundos satiriza a reação de setores cristãos contra o especial de Natal da trupe que apresenta um Jesus gay.

Ao combinarem processos, boicotes e uso de uma hashtag “#foraPorta", Jesus e um padre falam sobre o problema dos refugiados na Síria e a fome na África. “Prioridade, né? O que tá pegando mesmo no mundo agora é piada. Vamos uma coisa de cada vez”, diz Jesus.



Leia mais na Fórum.