sábado, 4 de setembro de 2021

VÍDEO – Zé Trovão diz que se entrega no 7 de setembro e ameaça o STF: “Os senhores vão sair de suas cadeiras”


DCM  - O caminhoneiro bolsonarista Marcos Antônio Pereira Gomes, o Zé Trovão, fez uma live na sexta-feira jurando que vai se entregar apenas no 7 de setembro.

Alvo de mandado de prisão expedido por Alexandre de Moraes, Zé Trovão, um dos articuladores dos atos em apoio a Bolsonaro, contou que está “itinerante” no Brasil.

Na verdade, é um foragido. “Pra mim tá sendo muito difícil. Perdi um pouco o rumo”, disse à pastora Jane Silva, do canal Nação Patriota. ‌‌



Jane Silva é a amiga de Regina Duarte que virou número 2 da atriz e depois foi demitida da Secretaria da Cultura. Ficou famosa com um vídeo psicótico em que garantia que Lula construiu a embaixada da Palestina e “financiou terrorismo no Brasil”.

Ao lado deles figurava um suposto advogado chamado Renato Gomes explicando ao sujeito o que ele deve fazer “num estado de guerra em que a qualquer momento pode acontecer alguma coisa” — ou seja, um golpe.



Voltou a ameaçar o Supremo. ‌

“Vou pedir pra nenhum brasileiro recuar. Eu não sou bandido. Vocês [o STF] estão mandando me prender inconstitucionalmente. Vocês vão se ver com a Justiça do povo brasileiro. Os senhores vão sair de suas cadeiras. Os senhores não têm vergonha na cara”, declarou. ‌

“Vocês vão pagar pelos crimes. Conto com os mais de 150 milhões de cristãos do país. Quem é que diz que vou sair vivo da prisão?”.




Um vídeo de Bolsonaro falando em “guerra” foi mostrado a ele. “Dia 7 de setembro tô no meio do povo. Não sei se estarei em Brasília ou São Paulo. Vocês vão saber na hora”, afirmou.

O cidadão é desconhecido dos líderes da categoria.

“Essa pessoa fez vídeo dentro de um caminhão, mas a gente não sabe se ele é caminhoneiro ou proprietário. A gente não conhece. E olha que estou no ramo há 22 anos. Essa figura apareceu de paraquedas”, disse Plinio Dias, presidente do Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas, ao Uol.



Segundo Wallace Landim, presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores, “ele só passou a ser conhecido depois que apareceu ao lado do Sérgio Reis”.

 





0 comentários:

Postar um comentário