quarta-feira, 8 de setembro de 2021

Randolfe apresenta notícia-crime contra Bolsonaro por utilização indevida de dinheiro público

 


DCM-  Nesta terça (07), Randolfe Rodrigues foi às redes sociais avisar que entrou com notícia-crime no STF pedindo a apuração de delitos de Bolsonaro durante os atos golpistas.




Durante discurso na Avenida Paulista (SP), o presidente voltou a atacar STF. Ele declarou que não respeitará “qualquer decisão” do ministro Alexandre de Moraes. Bolsonaro também xingou o magistrado de “canalha” e pediu sua saída diante de milhares de apoiadores.




Recado de Randolfe

Randolfe quer que o STF apure se Bolsonaro atentou “contra a ordem constitucional, o Estado Democrático de Direito e a separação dos Poderes, conforme prevê a Constituição Federal.”

O senador também disse ter pedido uma i”nvestigação sobre eventual financiamento destes atos de hoje” e “utilização indevida da máquina pública, do dinheiro público, helicópteros, em favor desses atos.”

“Também solicitei ao STF a abertura de inquérito contra Bolsonaro, por sua grave ameaça ao livre funcionamento do Judiciário e pelo uso de recursos públicos para financiar seu carnaval golpista, na forma da (ainda vigente) Lei de Segurança Nacional (arts. 18 e 23, I)”, publicou o senador no Twitter.



Confira abaixo:



Acabo de ingressar com notícia-crime no STF para que o Presidente da República, Jair Bolsonaro, seja investigado pelos seguintes crimes: 1. Atentado contra a ordem constitucional, o Estado Democrático de Direito e a separação dos Poderes, conforme prevê a Constituição Federal.
27,6 mil
1,4 mil
Compartilhar este Tweet





Também solicitei ao STF a abertura de inquérito contra Bolsonaro, por sua grave ameaça ao livre funcionamento do Judiciário e pelo uso de recursos públicos p/ financiar seu carnaval golpista, na forma da (ainda vigente) Lei de Segurança Nacional (arts. 18 e 23, I)
13,9 mil
380
Compartilhar este Tweet

0 comentários:

Postar um comentário