quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Bolsonaro vai usar Kassio Nunes para pautar voto impresso no TSE

 


DCM- Kassio Nunes assumiu uma vaga no Tribunal Superior Eleitoral e causou movimentação nos bastidores do Congresso. Bolsonaristas estão felizes, enquanto a oposição teme pelo futuro. Isto porque há um plano para que o presidente Bolsonaro use o ministro para pautar o voto impresso no TSE.

É de conhecimento público que Kassio já se manifestou favorável ao debate sobre o voto impresso. “O Ministro considera legítimo o posicionamento externado pelos demais Ministros que compõem ou compuseram o TSE. Na medida em que, imbuídos de elevada preocupação para a construção da democracia em nosso país, têm buscado o aperfeiçoamento do sistema”, disse o magistrado em nota.




Sua ida ao TSE animou o presidente. A partir de agora, vai aumentar o pedido por voto impresso. A radicalização acontecerá nos atos de 7 de setembro, segundo o DCM apurou. Bolsonaristas farão de tudo para que o assunto seja discutido novamente. E Kassio servirá de instrumento para isso. Pelo menos é o que acredita o chefe do Executivo.

Nunes foi indicado por Bolsonaro para ocupar uma cadeira no STF. Coincidentemente, a maioria das pautas que favorece o presidente ou a ala radical dele, o ministro concorda. Por isso acredita-se que não será diferente sobre o voto impresso no TSE.




Kassio Nunes e Barroso

Só que o ministro não terá vida fácil caso apoie Bolsonaro neste ato. Isto porque o presidente do TSE, o Barroso, não pretende diminuir a força na queda de braço. Ele já deixou claro que é contra o voto impresso. E assim seguirá até o fim do seu mandato.




Luís seguirá no cargo até fevereiro do ano que vem. Ele ficará bastante atento em relação aos atos antidemocráticos de 7 de setembro. O recado dado aos interlocutores é que irá para cima se o chefe do Executivo tentar roer a corda.

0 comentários:

Postar um comentário