terça-feira, 20 de julho de 2021

Facebook suspende conta de Eduardo Bolsonaro por usar frases atribuídas a Hitler

 


O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) está com a sua conta no Facebook suspensa desde o dia 14 de julho depois de uma postagem citando frases supostamente atribuídas a Adolf Hitler. A medida vale por 30 dias, de acordo com informação publicada pela coluna de Ancelmo Gois

A punição de um mês não é por acaso, porque o parlamentar é reincidente, já tendo sido suspenso por sete dias por causa de uma postagem que fere as regras de interação no Facebook - ele havia compartilhado um vídeo em que seu pai, Jair Bolsonaro, repetiu a fake news de que, segundo um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), 50% das mortes por Covid-19 não ocorreram em razão da doença.

O TCU desmentiu a informação sobre o suposto documento.




O filho de Jair Bolsonaro recorreu nessa segunda-feira (19) à Justiça do Distrito Federal contra a decisão do Facebook, dono do Instagram (veja a postagem abaixo).





0 comentários:

Postar um comentário