segunda-feira, 29 de março de 2021

Ministério Público Federal apresenta notícia-crime por racismo contra Filipe Martins, assessor especial de Bolsonaro


O gesto de racismo, supremacismo branco e fascismo feito por Filipe Martins, assessor especial de assuntos internacionais de Jair Bolsonaro durante uma sessão no Senado na semana passada, motivou uma notícia-crime por parte do Ministério Público Federal.



Na notícia-crime, o procurador Wellington Cabral Saraiva relata o momento em que o assessor do presidente Jair Bolsonaro reproduz um gesto simbolizando as letras "W" e "P", das palavras "White Power", que significaram "Poder Branco" em inglês.



"Não se trata de gesto gratuito, natural ou inconsciente, pois não é crível que alguém no domínio de suas faculdades mentais produza essa exata configuração dos quirodátilos sem desígnio consciente", diz no documento. A notícia-crime foi enviada à Procuradoria da República do Distrito Federal na sexta-feira, 26, informa O Estado de S.Paulo.


0 comentários:

Postar um comentário