sexta-feira, 26 de março de 2021

Lula poderá se candidatar à presidência da República em 2022, opinam ministros do STF


Membros do STF consideram que o debate do processo sobre o apartamento no Guarujá indicou que a tendência é o Supremo dar a mesma solução à ação penal relativa ao sítio de Atibaia (SP), o outro processo em que Lula foi condenado.  O julgamento do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a decisão do ministro Edson Fachin de anular as condenações contra o ex-presidente Lula (PT) está marcado para o próximo dia 14. Para ministros do Supremo, Lula permanecerá elegível.


O despacho do ministro Fachin devolveu os direitos políticos de Lula e independentemente da manutenção sobre a decisão dele, a participação do ex-presidente nas eleições de 2022 dificilmente será evitada.



A análise tem como base o julgamento da Segunda Turma da corte que, na última terça-feira (23), declarou a suspeição do ex-juiz Sergio Moro e anulou a ação em que o ex-presidente foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá (SP), informa a Folha de S.Paulo.

0 comentários:

Postar um comentário