quarta-feira, 3 de março de 2021

Folha culpa Bolsonaro por fase mortífera da pandemia, mas evita pedir impeachment

 


O jornal Folha de S. Paulo, que apoiou o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff, a prisão política do ex-presidente Lula e proibiu seus jornalistas de qualificar Jair Bolsonaro como um extremista de direita, hoje protesta mais uma vez contra Jair Bolsonaro, mas não pede seu impeachment.

"Ocorreu o que estava havia tempos delineado, dada a irresponsabilidade atroz do governo federal e do presidente da República no manejo da maior crise sanitária em um século. O Brasil atravessará agora as semanas mais mortíferas da pandemia de coronavírus. Com vacinados em volume pífio e crescendo devagar, o país colhe o fruto envenenado da desorientação, da ignorância, do desleixo e da imprevidência de suas lideranças. Os óbitos montam a mais de 1.200 por dia, e essa cifra, infelizmente, deve continuar crescendo", aponta o editorial.

"É urgente que passe a apoiar os estados e os municípios, que deixe de divulgar mentiras e diga a verdade à população sobre o que prevenirá milhares de mortes nos próximos meses: vacinas, máscaras, hábitos de higiene e distanciamento", diz ainda o texto.



Fonte: Brasil 247


0 comentários:

Postar um comentário