domingo, 21 de março de 2021

Eliane Cantanhêde propõe camisa-de-força para Bolsonaro

Jornalista não pede seu afastamento, mas diz que ele deve ser contido e isolado


A jornalista Eliane Cantanhêde, que apoiou o golpe de 2016 contra Dilma Rousseff e a prisão política de Lula, os dois fenômenos que trouxeram o Brasil à tragédia atual, propõe o isolamento de Jair Bolsonaro. "O Brasil exige união de forças contra o coronavírus, mas o presidente Jair Bolsonaro trabalha na direção oposta, pela desunião e o caos. Enquanto instituições, Estados e Municípios buscam a iniciativa privada e articulam uma frente para salvar vidas e garantir atendimento e humanidade aos pacientes, o presidente da República insiste na sua guerrinha pessoal, insana e cheia de ameaças autoritárias contra governadores e isolamento social", escreve ela, em sua coluna.



"Assim como o vírus, o presidente está fora de controle, sempre testando os limites da democracia. Não vê o que todos vêem: o colapso da saúde e as mortes. Mas vê o que ninguém vê: insurreição popular e quebra-quebra, mantendo seus delírios sobre golpes e arroubos autoritários. Uma união nacional contra o vírus depende de uma premissa: isolar Bolsonaro", pontua.


Fonte: Brasil 247

0 comentários:

Postar um comentário