domingo, 21 de março de 2021

Bolsonarista que ameaçou Lula é acusado de bater na ex-mulher


O empresário José Sabattini, de 70 anos, que ameaçou, com uma arma na mão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em vídeo que circula nas redes sociais, já foi acusado no âmbito da Lei Maria da Penha após, supostamente, agredir a ex-esposa. (…)



A briga ocorreu na manhã do dia 8 de dezembro de 2010, nas dependências da empresa Exact Power, em Artur Nogueira (SP) – cidade a 121 km da capital, São Paulo (SP), na região de Campinas, onde o empresário mora ainda hoje. A empresa pertence a José Sabattini e ao filho dele, Amilcar Donizeti Sabattini.

A conversa logo se transformou em uma discussão. Em seguida, José Sabattini, na época com 59 anos, teria agredido a ex-esposa. Antonieta contou que o homem a atingiu no braço, no pescoço e na cabeça. O filho deles, Amilcar, entrou na sala e tentou defender a mãe, mas também foi agredido, segundo a versão dela.




Ao analisar o inquérito policial, o Ministério Público de São Paulo (MPSP) entendeu, no entanto, que o arquivamento do procedimento “é medida que se impõe, porquanto os elementos de convicção colhidos são frágeis a embasarem uma ação penal”.



Fonte: Metrópoles

0 comentários:

Postar um comentário