segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Ana Paula compra briga com Casagrande mas sai com o rabo entre as pernas


Casagrande desmascara extremista Ana Paula do Vôlei após ela usar frase de neonazista e supremacista branco como se fosse de Voltaire para defender Daniel Silveira. A ex-atleta sentiu o golpe e, em resposta, não negou que tenha espalhado fake news




Casagrande voltou a causar na web neste domingo, 21. O comentarista usou seu blog ‘De peito aberto’, na Globo.com, para criticar a extremista Ana Paula Henkel, ex-atleta da seleção brasileira de vôlei que mora nos EUA, é fã de Olavo de Carvalho e vive de conspirar a respeito de política.

Casão se irritou por Ana Paula ter usado uma frase do neonazista Kevin Alfred Strom, supremacista branco e negacionista do holocausto, como se fosse de Voltaire, para defender o deputado preso Daniel Silveira.



Se você quer saber quem controla você, é só observar quem você não pode criticar”, sapecou a bolsonarista para criticar o Supremo Tribunal Federal que, tendo sido ameaçado, deu ordem de prisão ao brutamontes que quebrou a placa da ex-vereadora Marielle Franco.

“Na verdade, quero pedir desculpas por ter posto no meio de vocês, e por muito tempo, uma pessoa intragável, prepotente, arrogante, defensora de armas, que se disfarçou de jogadora de vôlei, capaz de defender até esse infame deputado preso por ser violento e golpista”, escreveu o colunista da Globo.

“Como alguém pode ter a desfaçatez de distorcer uma frase de Voltaire para defender um pregador de agressões às instituições democráticas e seus representantes? E usar o passado de esportista para isso? Uma ex-atleta que enquanto jogou nunca abriu a boca para nada, jamais mostrou ter personalidade para falar de política, calou diante da evidente corrupção no esporte que praticava”, continuou Casagrande.

“Alguém que espalha fake news, assim como o seu ídolo, para difundir mentiras e defender pessoas que não têm a mínima condição de viver em sociedade democrática”.

Casão finalizou conformista: “Triste, muito triste, mas, enfim, acontece em todas as atividades”.

Aparentemente, Ana Paula sentiu o golpe. Num post na sua conta do Twitter, ela não negou que a frase atribuída ao filósofo do iluminismo pertence na verdade a um neonazista e se conformou em se esquivar das críticas do ex-centroavante.


“Prezado Casagrande”, escreveu Ana Paula, “olhe para a sua vida e para um espelho. Eu sou o menor dos seus problemas, acredite. Tente me esquecer. Arrume o seu quarto primeiro, que há muitos anos está uma verdadeira bagunça, antes de querer “consertar” o mundo”.

Desta vez, a bolsonarista-raiz entrou em briga de cachorro grande e voltou para casa com o rabinho entre as pernas.


Prezado Casagrande, olhe para a sua vida e para um espelho. Eu sou o menor dos seus problemas, acredite. Tente me esquecer. Arrume o seu quarto primeiro, que há muitos anos está uma verdadeira bagunça, antes de querer “consertar” o mundo.
53,6 mil
10,9 mil
Compartilhar este Tweet




Fonte: Pragmatismo Político

0 comentários:

Postar um comentário