quinta-feira, 12 de março de 2020

Desembargadora suspende investigações contra Flávio Bolsonaro

Em nova decisão liminar, desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro resolveu suspender investigações contra o senador Flávio Bolsonaro (Sem Partido-RJ) e o esquema de rachadinha em seu gabinete.  Com decisão o Ministério Público do Rio de Janeiro não conseguirá concluir investigações, nem apresentar denúncias até que o plenário da Câmara Criminal.


Decisão da desembargadora Suimei Meira Cavalieri, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, suspendeu as investigações contra Flávio Bolsonaro no caso das rachadinhas.  Ela atendeu o pedido da defesa do senador, filho do presidente, na tarde dessa quarta-feira (11).
As investigações ficam suspensas até que o colegiado decida. A informação é do jornal  O Globo.


A desembargadora atendeu ao pedido da defesa de Flávio Bolsonaro, que argumentou que ilegalidade no fato de a investigação ter tramitado em primeira instância, pois segundo os advogados o filho de Jair Bolsonaro tinha que ser investigado pela segunda instância do Ministério Público estadual, sob supervisão de um desembargador do TJ.
A defesa também disse que o juiz Flávio Itabaiana Nicolau, da 27ª Vara Criminal do Rio, não poderia determinar a quebra de sigilo de Flavio. Itabaiana é juiz de primeira instância e o presidente Jair Bolsonaro possui foro privilegiado por ser deputado estadual na época dos crimes investigados.


Segundo reportagem de Paulo Roberto Netto, do Estado de S. Paulo, a defesa pretende afastar Itabaiana do caso.
O processo corre em segredo de Justiça e a decisão de Cavalieri ainda vai passar pelo colegiado da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio.

Fonte: Falando Verdades
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário