terça-feira, 10 de março de 2020

CPI: Perfil bolsonarista que disseminava fake news foi acessado 95 vezes de dentro do Senado

Um dos perfis conhecidos pela disseminação de notícias falsas e ataques aos desafetos de Jair Bolsonaro, no instagram, foi editado entre os meses de fevereiro a maio de 2019, por dispositivo conectado na rede do Senado Federal. É o que revela informação do jornal O Globo, sintetizada a partir de dados encaminhados pela empresa para a CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) das Fake News.


Apelidada como “snapnaro”, a conta foi acessada 95 vezes dentro de 4 meses, sempre compartilhando matérias de portais bolsonaristas, e ganhando seguidores através de campanhas de divulgação dos filhos “03” e “02” de Jair Bolsonaro, Eduardo Bolonaro (PSL-RJ) e Carlos Bolsonaro (PSC) respectivamente.


Após depoimento da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), e coincidentemente ex-líder do governo no congresso, realizado no dia 4 de dezembro de 2019, a página foi totalmente apagada, como reação a denúncia e citação na CPMI das Fake News.


Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário