domingo, 22 de março de 2020

Bolsonaro já cometeu 15 crimes de responsabilidade e continua impune

Levantamento foi feito pela Folha de S. Paulo, que apoiou o golpe de estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff, que não cometeu nenhum e foi afastada

A mídia brasileira, que apoiou o golpe de estado contra a ex-presidente Dilma Rousseff, afastada do cargo sem crime de responsabilidade, hoje tem de lidar com Jair Bolsonaro, que comete tais crimes em série – e segue impune. Neste domingo, a Folha de S. Paulo aponta nada menos do que 15 crimes de responsabilidade já cometidos por ele.
"Ao incentivar e participar de ato contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal no último domingo (15), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) acumulou mais um item a uma já longa lista de situações em que crimes de responsabilidade podem ter sido cometidos por ele na Presidência da República. A Folha listou ao menos 15 exemplos desde janeiro do ano passado. Para além da participação nos protestos, o presidente já deu declarações falsas, insultou jornalistas e tomou medidas que contrariam princípios da Constituição, como uma ameaça de fechar a Ancine caso não fosse possível “filtrar” o conteúdo das produções apoiadas pela agência de cinema – o que poderia ser entendido como tentativa de censura", aponta a reportagem.
"Em fevereiro de 2019, o presidente publicou em suas redes sociais um vídeo durante o Carnaval em São Paulo. Nas imagens, um homem aparece dançando sobre um ponto de táxi mexendo no próprio ânus. Na sequência, surge outro rapaz, que urina em sua cabeça. Há também situações como a que insultou, com conotação sexual, a jornalista da Folha Patrícia Campos Mello ou quando usou informações falsas para atacar a colunista de O Globo Miriam Leitão, torturada pela ditadura militar", lembra o jornal.


Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário