terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Pedaladas fiscais de Bolsonaro somam R$ 55 bilhões em 2019; Imprensa tenta omitir

O Valor Econômico, do grupo Globo, chamou de "drible" (com aspas simples, um erro de português) as PEDALADAS fiscais de Bolsonaro.



O governo teve no ano passado ao menos R$ 55 bilhões de despesas que ficaram de fora do limite estabelecido pelo teto de gastos. Parte desse dinheiro continuará gerando despesas neste e nos próximos anos, sem pressionar o limite constitucional.


O Valor ainda tenta defender o presidente dos JUROS gerados por suas pedaladas, ao dizer que as despesas geradas não vão pressionar o limite constitucional.

O valor é superior às operações realizadas no governo Dilma, de R$ 36,07 bilhões e R$ 52 bilhões, nos anos de 2013 e 2014, respectivamente, e que motivaram o processo de impeachment, produzido por Janaína Paschoal e Miguel Reale Jr., a mando do PSDB.


Fonte: Plantão Brasil
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário