quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Como consolo a dólar nas alturas, Guedes manda brasileiros passearem em Foz do Iguaçu

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO VALOR ECONÔMICO
O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quarta-feira que o câmbio brasileiro “não está nervoso”. De acordo com ele, o modelo do país mudou, não sendo mais de “juros na lua e câmbio baixo”.


“Preferimos manter câmbio a R$ 4 com juros baixos, do que a R$ 1,80 com os juros lá em cima”, disse, no Seminário de Abertura do Ano 2020, em Brasília.
“Vai passear ali em Foz do Iguaçu, está cheio de praia bonita no Brasil”, disse, referindo-se à redução das viagens internacionais em função do dólar alto. “Conhece um pouquinho o Brasil e na quarta vez você vai para a Disney”, completou.
O ministro voltou a dizer que o país havia se tornado “o paraíso dos rentistas e o inferno dos empreendedores” e que o governo pretende controlar os gastos públicos e colaborar com a queda dos juros. Ele afirmou que o país economizou R$ 70 bilhões com juros da dívida no ano passado e que a previsão para este ano é uma queda de R$ 120 bilhões na despesa. “Se você joga em dez anos também chega a R$ 1 trilhão de economia [como a Previdência]”, disse.


(…)

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário