sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

🎥Vaza Áudio Da Deputada Carla Zambelli Sobre Compra De Votos Na Reforma Da Previdência

A deputada Sâmia Bomfim (PSOL-SP) acaba de divulgar em suas redes sociais, um suposto áudio de uma deputada bolsonarista, que confessa que só teria recebido emendas do governo federal, por ter “votado a favor da reforma da previdência”



A deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP) acaba de tornar público um áudio-bomba que mostraria a suposta compra de votos para a aprovação da reforma da previdência no governo de Jair Bolsonaro. No áudio a deputada Carla Zambelli (PSLS-SP) teria confessado ao secretário de saúde da cidade de São Carlo, que só conseguiu verbas para suas emendas, porque votou a favor da reforma das previdências.
Sâmia disse em seu twitter: “Somado a diversas manifestações públicas de parlamentares e também do governo, o áudio de Carla Zambelli revela que a reforma da previdência só foi aprovada a partir da liberação de dinheiro público para compra de votos. Um verdadeiro esquema sujo de “toma lá, dá cá”.


Ontem o Ministério Público Federal do Distrito Federal um inquérito para apurar a influência indevida de Jair Bolsonaro e Rodrigo Maia (DEM-RJ) para a aprovação da reforma previdenciária.


Sobre isso, a deputada Sâmia Bomfim declarou: “A bancada do PSOL abriu inquérito no MPF para verificar a liberação de mais de R$ 444 milhões em emendas sem autorização. A integralidade da votação da reforma da previdência está em cheque. É inadmissível que dinheiro público seja usado para influenciar o processo legislativo.”
Ouça o áudio:
ESCÂNDALO! Circula na internet um áudio da deputada Carla Zambelli confessando para o Secretário de Saúde de São Carlos que só conseguiu a liberação de recursos para suas emendas porque votou a favor da reforma da previdência.

2,582 people are talking about this
Somado a diversas manifestações públicas de parlamentares e também do governo, o áudio de Carla Zambelli revela que a reforma da previdência só foi aprovada a partir da liberação de dinheiro público para compra de votos. Um verdadeiro esquema sujo de "toma lá, dá cá".
A bancada do PSOL abriu inquérito no MPF para verificar a liberação de mais de R$ 444 milhões em emendas sem autorização. A integralidade da votação da reforma da previdência está em cheque. É inadmissível que dinheiro público seja usado para influenciar o processo legislativo.
220 people are talking about this
Fonte: Falando Verdades
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário