domingo, 29 de dezembro de 2019

Parlamentares dizem que 2020 será mais difícil para Bolsonaro

da coluna PAINEL da FOLHA:

Vem que tem Após um 2019 tenso, o governo se prepara para entrar em 2020 com um Parlamento ainda mais hostil. Congressistas dizem que, por ora, o novo ano chega sob a decepção da falta de recursos que haviam sido prometidos para irrigar suas bases e irritações de grupos específicos com pautas que lhe são caras.


Aqui não Nos últimos dias, Bolsonaro conseguiu desagradar aliados lavajatistas ao não vetar a criação do juiz das garantias e os congressistas que possuem emissoras de rádio e TV, depois que a Folha mostrou que o governo quer endurecer as regras para renovar concessões.



Ultimato Líderes de centro dizem que se o governo empenhar todas as emendas prometidas até terça (31) seria possível distensionar a relação.

Ajuste de foco Parlamentares de centro, do Senado e da Câmara, vão cobrar do Planalto em 2020 ações na área social.

Olhe bem Críticos dizem que a retomada na economia não se traduz em redução da desigualdade e que os mais pobres continuam preteridos. Além do 13º para o Bolsa Família, argumentam que não houve medidas fortes para essa parcela da população.



Fonte: Folha de São Paulo
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário