quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

New York Times: “Bolsonaro é o mais insignificante dos líderes mundiais”

Em artigo na edição internacional do The New York Times, que foi destaque na capa, Bolsonaro é chamado de “menor e mais insignificante dos líderes internacionais”.


Na edição internacional do The New York Times, chamado ”A devastação da Amazônia por todo o Brasil”, Bolsonaro é chamado de líder insignificante e maçante. O texto segundo informações da Revista Exame, diz que a Amazônia não teria um bom ano após demissão do diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Galvão, que divulgou o aumento das queimadas na Amazônia em 2019.  Galvão, demitido e vilipendiado por Bolsonaro, foi premiado na importante revista científica Nature, como uma dos dez cientistas do ano.


O presidente Bolsonaro avaliou a divulgação dos dados como um ato não patriota e disse que Galvão não era um bom brasileiro que queria servir ao seu país”, critica o texto do jornal The New York Times.

artigo diz que “um tesouro global como a Amazônia vive à mercê do presidente Bolsonaro, o menor, mais maçante e mesquinho de todos os líderes”. Desde que o artigo foi escrito, Bolsonaro já culpou Ongs por incêndios na Amazônia, disse até que Leonardo di Caprio ajudava incêndios na floresta.


Os incêndios na Amazônia chamaram a atenção da imprensa a nível mundial, para o jornal inglês The Guardian “Os ministros deixam claro que suas simpatias estão com os madeireiros, e não com os grupos indígenas que vivem na floresta”, o jornal também ressaltou que no governo Bolsonaro, menos multas ambientais estão sendo aplicadas.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário