quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

Governo Bolsonaro quer tirar isenção da cesta básica, que ficará mais cara

O governo Bolsonaro vai “dar com uma mão e tirar com outra”. O Governo vai aumentar em R$ 24,10  o benefício dos inscritos no programa Bolsa-família, no entanto vai tirar a isenção da cesta básica, que deverá ficar mais cara para o consumidor. O Ministério da Economia confirmou que enviou ao Congresso o projeto, que aumenta o Bolsa-Família e que retira a isenção de impostos sobre a cesta básica.


O governo argumenta que hoje todas as classes tem a isenção hoje e argumentam que querem limitar aos mais pobres usuários do Bolsa-Família.
desoneração do PIS/Confis em cima da cesta básica, foi criada por uma MP (Medida Provisória) do governo Lula e convertida no Congresso em Lei.


Segundo estudo do Ministério da Economia, a renúncia/isenção fiscal da cesta básica, também beneficiou classes mais ricas.  Integrantes do Ministério da Economia, vão além e dizem que os ricos por poderem comprar mais, “aproveitam a política de isenção mais que os pobres”.
Depois da carne que está cara e que a Ministra da Agricultura disse ser “barata”, vem aí uma cesta básica mais cara.
O benefício segundo eles, deve ser devolvido aos mais pobres, inscritos no Bolsa-Família, obenefício vai aumentar… apenas R$ 24,10, com isso o que um pobre conseguiria comprar é uma pergunta que se deve fazer.


A proposta discutida internamente pelo ministério já apontava para a necessidade de rever desonerações da cesta básica e realocar os recursos para o Bolsa Família, que é visto pelos técnicos como uma política de transferência de renda mais eficiente. A análise é feita por técnicos do ministério desde pelo menos 2017 (Governo de Michel Temer).


As consequências disso, fazem até membros do governo terem ressalvas em relação a proposta. O Bolsa-Família não prevê reajustes anuais, já o preço da cesta básicas tem reajustes anuais, o que pode encarecer ainda mais o produto.
O governo tirando a isenção da cesta básica, o saldo social qual será?
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário