sábado, 7 de dezembro de 2019

Defesa de Lula rebate PGR e quer que STF julgue suspeição de Sérgio Moro

“A Procuradoria-Geral da República, por erro ou má-fé, desconsiderou essa manifestação anterior para trazer uma nova manifestação aos autos sobre o mesmo assunto, causando tumulto processual”, aponta petição do ex-presidente



Os advogados de defesa de Lula apresentaram, nesta sexta-feira (6), uma petição, na qual rebatem o parecer apresentado na quinta (5) pela Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre o pedido de suspeição de Sérgio Moro. Eles pedem que o Supremo Tribunal Federal (STF) retome o julgamento.
“A Procuradoria-Geral da República, por erro ou má-fé, desconsiderou essa manifestação anterior para trazer uma nova manifestação aos autos sobre o mesmo assunto, causando tumulto processual”, aponta a defesa.

A PGR, em seu parecer, rebateu vários argumentos da defesa sobre a suspeição do ex-juiz Moro, que condenou Lula no caso do triplex do Guarujá.
Na avaliação do subprocurador da República José Adônis Callou, Moro não pode ser considerado suspeito, simplesmente porque também negou pedidos apresentados pelo Ministério Público Federal.

Fonte: Revista Fórum
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário