segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

🎥Caminhoneiros vão parar nessa segunda-feira, 16 de dezembro

Caminhoneiros como haviam anunciado antes, vão parar nessa segunda-feira 16, a partir das 5 da manhã
Como havia sido anunciado, os caminhoneiros vão parar contra o governo Bolsonaro. A categoria está dividida, pelo menos no início e muitos continuam reclamando da política de transporte, adotada pelo governo Bolsonaro e o preço mínimo do frete que não vem sendo respeitado. A greve é puxada pelos caminhoneiros autônomos.


Segundo informações anteriores, do jornal Correio Braziliense, cerca de 70% dos profissionais celetistas caminhoneiros, devem parar nessa segunda-feira 16 de dezembro.
Alguns líderes dos caminhoneiros, não querem paralisar, no entanto segundo informações da Rádio CBN, há grandes chances do movimento de paralisação dos caminhoneiros crescer.


Marconi França, um dos líderes dos caminhoneiros autônomos diz que 70% dos 4,5 milhões de caminhoneiros devem aderir.
“Uma paralisação nunca começa com adesão total, é sempre gradativa. Hoje, nós já temos oito estados fechados e esse número vai crescer até segunda-feira e com certeza, depois da paralisação, será ainda maior”, explica o líder dos caminhoneiros.


França também pediu a solidariedade do povo: “Você, dona de casa, pai de família, que não está satisfeito com o preço da gasolina, com o preço do óleo diesel, com o preço do bujão de gás. Junte-se a nós, que essa briga é de todos, não é só nossa”, convocou.
Marconi se encontrou com líderes da CUT, para pedir apoio com a paralisação. O caminhoneiro gravou vídeo na sede da CUT do Rio de Janeiro e disse: ” De todos que usam gasolina, óleo diesel e também gás de cozinha. Jair Bolsonaro esquece que quem transporta os produtos das indústrias e do agronegócio somos nós”.



Wanderlei Alves, conhecido como Dedeco, uma das lideranças que mobilizou as paralisações de 2018, afirma que as mobilizações que vão ocorrer agora, tem amplo apoio dentro da categoria.

Veja o vídeo na CUT:

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário