sábado, 28 de dezembro de 2019

Bolsonaro vai cobrar 580 mil estudantes que devem o FIES

Em um ataque frontal á população brasileira que está em momento de perdas salariais e financeiras, o governo Bolsonaro anuncia que irá a Justiça acionar 580 mil estudantes que estão em débito com o FIES ( Fundo de Financiamento Estudantil). Muitos desses estudantes não conseguiram empregos formais ao se formar, a atitude é mais um ataque a universalização da educação, no entanto o ataque também deve atingir os empresários e tubarões do ensino privado.


O Ministério da Educação (MEC) mudou as regras do FIES para poder cobrar cerca de 584 mil estudantes que estão em débito com o programa em mais de um ano.
As informações são do jornal Estado de São Paulo e mostram que Bolsonaro publicou nessa sexta-feira (27) no DOU, para a cobrança judicial de 584 mil estudantes que estão a um ano em débitos atrasados com o programa.


O FIES financia os estudos de um estudante com juros bem menores que os praticados pelo mercado e dá um tempo de 18 meses após a formatura para o estudante começar a pagar o programa.
Empresários do setor privado temem que o governo Bolsonaro, use  a alta inadimplência no programa para desidratar o programa, o que trará prejuízos as faculdades privadas também.
A nova resolução também vai DIMINUIR PELA METADE o número de financiamentos estudantis, serão financiados apenas 54 mil financiamentos a partir de 2021.
Se o povo quiser estudar, que apele ao pastor que apoia o Bolsonaro…. Ou ao Bispo de Igreja que tem TV…
Além disso a nota para ter acesso ao programa passou a ser maior, 400 pontos na Redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), antes só se exigia não zerar a prova de redação e pontuação miníma de 450 pontos em Português.

“O aluno de família de baixa renda não consegue alcançar essa nota e fica fora do programa. E é esse jovem que também não consegue entrar em uma universidade pública”, afirma Sólon Caldas, da Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior (Abmes).
As novas regras dificultarão bastante o acesso dos estudantes de baixa renda ás universidades, afinal um povo ignorante e sem acesso a educação é uma boa para o bolsonarismo e pastores bolsonaristas…



Fonte: Falando Verdades
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário